Quem nunca ficou contente ao receber uma proposta de emprego com salário farto? Certamente essa é uma das condições a serem consideradas por profissionais ao escolher a empresa que deseja trabalhar. Mas precisamos também considerar o menos famoso salário emocional.

Não é apenas de bons salários que se fazem funcionários participativos e motivados. Por isso, empresas de diversos nichos têm adotado como estratégia o salário emocional.

Essa nova estratégia visa além do ganhar bem, encontrar maneiras de melhorar a relação do colaborador com a corporação.

Dito isso, neste artigo vamos explicar o conceito de salário emocional… E ainda oferecer dicas para criar um ambiente empresarial que compreenda essa aplicação. Veja:

Dicas para criar um ambiente ideal para a aplicação salário emocional

De maneira geral, o salário emocional é um conceito onde são considerados os sentimentos do colaborador em relação ao seu ambiente de trabalho. Como o reconhecimento dos superiores, relação com os colegas e assim por diante.

Ou seja, são condições que vão além do salário mas que influenciam positivamente no dia a dia do colaborador.

Assim, é possível garantir que quanto maior o incentivo vindo da empresa, maior é a vontade de trabalhar do funcionário.

Com essa premissa em mente, vamos mostrar como esse conceito pode ser implantado na sua empresa através de quatro dicas:

Bom clima empresarial

Garantir um bom clima empresarial é importante para que colaboradores trabalhem melhor.

Todos vão passar a maior parte do dia no ambiente de trabalho e, exatamente por isso, usufruir de um ambiente agradável é essencial.

Funcionários confiantes e interessados produzem melhor e fazem com que o espírito de equipe aumente entre os colaboradores.

Conversa é fundamental

Entender que o funcionário precisa estar emocionalmente equilibrado nos seus aspectos profissional, pessoal e familiar é o início para que o impulso de melhorias sejam iniciadas.

Por isso, é preciso contar com líderes exemplos e que mantenham o diálogo para entender o momento de seus colaboradores.

Além disso, líderes estes que procuram opções para cada tipo de colaborador. Fazendo com que cada um se sinta à vontade, notado e motivado.

Aprendizado

Qualificação para desempenhar bem os cargos é indispensável, por isso, desenvolver workshops, treinamentos, bate papo com especialistas ou até um dia voltado somente para aprender, pode ser uma boa estratégia para aprimorar o conhecimento de todos.

Dar a oportunidade de capacitação para pessoas que querem se desenvolver é uma saída para buscar o crescimento pessoal e profissional.

Meritocracia faz parte

Reconhecer o esforço, engajamento e resultados de cada um é fundamental na aplicação do conceito de salário emocional. Por isso, é necessário que as empresas tenham um plano de carreiras bem estruturado de maneira à premiar os colaboradores que se destacam no dia a dia.

Em poucas palavras…

É claro que cada alteração de comportamento e ações da corporação não são fáceis para nenhuma das partes, entretanto, é preciso lembrar que não são só opções para que os colaboradores sintam prazer em trabalhar, são também uma maneira de fazer com que as empresas tenham um crescimento sustentável e efetivo através do capital humano.

Sendo assim, estabelecer salário emocional na rotina não é só em bonificar mais, é pensar que todos podem fazer a sua parte de forma construtiva num mesmo objetivo, o crescimento da empresa.

Tags: ,

Related Article

Social

INSTAGRAM

LINKEDIN