A maioria dos empregos envolve algum grau de estresse. Porém, reclamação em excesso pode ser indício de algo mais grave. Descubra aqui como lidar com esse problema.

A pandemia da COVID-19 perturbou os mercados de trabalho em todo o mundo. Os impactos foram repentinos, milhões de pessoas foram demitidas ou não puderam mais exercer suas profissões, enquanto outras precisaram se adaptar para trabalhar em casa quando os escritórios fecharam. 

Apesar de o home office ser possível há anos, durante a pandemia, observamos um aumento repentino de pessoas trabalhando remotamente. Contudo, as mudanças não se restringiram apenas à implementação de novas soluções digitais em nossa rotina.

Antes da COVID-19, a saúde mental era um problema crescente no local de trabalho. Porém, pesquisas indicam que os impactos negativos do home office na qualidade de vida dos profissionais, intensifica essa preocupação nos gestores de RH.

Deste modo, o gerenciamento de pessoas também precisou se adaptar para não comprometer os resultados dos negócios.

Esse é um assunto muito relevante, então temos certeza de que você irá se beneficiar ao prosseguir com a leitura deste artigo. Nele falaremos como identificar colaboradores com a saúde mental comprometida e como o seu departamento de RH pode auxiliá-los. Vamos lá?

Como anda a saúde mental da sua equipe?

O constante receio de contaminação, a solidão decorrente do isolamento, a falta de interação com colegas de trabalho e o alto nível de estresse, exacerbaram a preocupação com a saúde mental no trabalho. A responsabilidade por zelar pela saúde, segurança e bem-estar dos colaboradores é do setor de RH.

Como gestor de Recursos Humanos, parte do trabalho é observar, oferecer suporte e providenciar recursos para minimizar o estresse experimentado por todos da empresa – inclusive daqueles em home-office

Descubra a seguir alguns indícios de que um colaborador está com a saúde mental comprometida.

Como identificar colaboradores com a saúde mental comprometida?

A postura durante o trabalho pode ser um alerta do comprometimento da saúde mental dos colaboradores. Os seguintes comportamentos podem indicar sinais perigosos de alerta. Confira!

  • Queda na produtividade 

Pessoas com elevado grau de estresse, ansiedade ou depressão costumam ter dificuldades para se concentrar nas tarefas, cumprir prazos razoáveis, tomar decisões assertivas ​​ou gerenciar tarefas.

  • Oscilações de humor

Estar incomumente choroso ou emotivo pode indicar que a saúde mental está em desequilíbrio. Observe se o colaborador parece inquieto, tenso ou desproporcionalmente nervoso. 

  • Introversão repentina

Embora o teletrabalho nos distanciam fisicamente, o relacionamento interpessoal no trabalho é importante. Note se a pessoa evita contato com os colegas ou se tenta dar um jeitinho de escapar de videoconferências. 

  • Baixa autoestima

Acreditar na própria capacidade é fundamental para entregar bons resultados no trabalho. Quando a saúde mental não está em dia, as pessoas perdem confiança e assumem padrões negativos de pensamento.

Mas, após reconhecer esses sintomas, o que fazer? Veja nossas dicas a seguir.

Como o RH pode ajudar?

Você e sua equipe de RH podem elaborar uma pesquisa de bem-estar ou uma avaliação formal como oportunidade para ouvir feedbacks sobre as condições atuais de trabalho na empresa. Contudo, é essencial que os colaboradores sintam que estão sendo ouvidos e que o RH é proativo para garantir-lhes melhorias.

Logo, permaneça acessível! O estresse relacionado ao trabalho é melhor enfrentado em um estágio inicial. Se a equipe acreditar que pode abordá-lo com os problemas à medida que eles ocorrem, isso aumentará a probabilidade de uma resolução mais rápida de quaisquer dificuldades.

Tente encorajar a comunicação aberta e honesta para estabelecer até que ponto o indivíduo está se sentindo estressado e quais são as possíveis causas. Após identificar a extensão e origem do problema, tome cuidado para não prometer mais do que você pode entregar.

Gerencie as expectativas do indivíduo para garantir que sejam realistas sobre o que pode ser feito, principalmente em termos de benefícios como assistência médica e assistência psicológica. 

O plano de saúde de qualidade, com boa cobertura, inclusive para dependentes, contribui para a tranquilidade do colaborador. Podemos notar que com esta necessidade sanada, o trabalho é executado com mais foco e produtividade.

​​Para fazer frente ao aumento do estresse relacionado à crise da COVID-19, todos devem colaborar em prol do bem-estar geral. Por isso, mesmo se o indivíduo está trabalhando remotamente, é importante reconhecer sua contribuição e valor na organização. 

Colocar em prática todas essas orientações exigirão muita dedicação de toda sua equipe de RH. Portanto, atenção!!! Não negligencie a saúde mental e a carga de estresse do seu departamento. Uma dica é implementar ferramentas que otimizem processos repetitivos, morosos e burocráticos. 

Soluções como o ATS da Talentbrand transformam a rotina de trabalho do RH e melhoram o desempenho da sua equipe. Assim, seu departamento economiza tempo e recursos que podem ser direcionados ao enfrentamento desse momento tão difícil que estamos vivendo. 

Quer conhecer melhor essa ferramenta e experimentar os benefícios do ATS da Talentbrand! Agende uma demonstração e conheça melhor as funcionalidades essenciais que garantimos ao seu RH! Saiba mais aqui.

Social

INSTAGRAM

LINKEDIN