Proporcionar uma excelente experiência para os candidatos durante o recrutamento pode ser decisivo para a estratégia do seu RH! Saiba mais aqui!

A experiência do candidato é definida como a percepção que um candidato tem de uma empresa no contexto do recrutamento e seleção. Cada etapa tem sua relevância, desde a primeira interação – na maioria das vezes, digital – até a integração do novo colaborador.

Nesse sentido, cuidar da experiência do candidato significa reconhecer a alta influência que a marca empregadora exerce na atração e retenção de novos talentos. Simultaneamente, a qualidade das etapas iniciais da seleção pode determinar o sucesso da estratégia de contratação e o desempenho da organização.

Afinal, em um mercado de trabalho onde profissionais de excelência são disputados, as empresas devem buscar se diferenciar de seus concorrentes. Pensando nisso, elaboramos esse artigo! Aqui, você entende melhor o que é experiência do candidato e quais são os elementos essenciais para torná-la positiva!

Vamos lá?

O que é experiência do candidato?

A experiência do candidato é o conjunto de emoções, sentimentos e impressões despertados em um candidato no contexto do recrutamento. Para ser mais preciso, ela engloba todos os contatos do potencial colaborador com a empresa. Portanto, envolve os seguintes pontos

  • Anúncio da vaga: descrição, completude de informações, canais de distribuição e divulgação;
  • Pesquisa: visibilidade em sites especializados, redes sociais, plataformas de vagas de emprego;
  • Aplicação: preenchimento de formulário, instruções de candidatura;
  • Comunicação: confirmação da candidatura, troca de e-mail ou contato telefônico, proposta de entrevista;
  • Entrevista: pessoalmente, por videoconferência ou telefone;
  • Feedback: fase de coleta das impressões do candidato sobre o recrutador e do recrutador sobre o candidato;
  • Relacionamento pós-entrevista: negociação com os melhores candidatos para o cargo e seleção do candidato com maior aderência à vaga em questão.

Portanto, a experiência do candidato antecede o início do processo seletivo em si e ultrapassa a assinatura do contrato formal de trabalho. Além de todas as etapas do recrutamento, o onboarding e a integração do novo contratado também são determinantes para provocar primeiras impressões positivas no futuro colaborador.

Obviamente, o objetivo da estratégia de recrutamento é oferecer aos participantes a melhor experiência possível, seja qual for o resultado da candidatura. E claro, sem comprometer a eficiência e assertividade do processo! 

Quer descobrir quais são os elementos básicos da experiência do candidato? Então, vamos ao próximo tópico!

Elementos essenciais da experiência do candidato

Como falamos anteriormente, para uma experiência do candidato de sucesso, a imagem da empresa deve ser positiva desde os primeiros contatos com os interessados em uma vaga. Assim, para proporcionar uma boa experiência aos profissionais disponíveis no mercado, fique atento aos seguintes pontos:

Comunicação clara

O candidato deve ser capaz de compreender claramente os pré-requisitos da vaga, as etapas do recrutamento, os prazos, os termos da entrevista, etc. Logo, essas informações precisam ser transparentes e acessíveis. Assim, para uma experiência do candidato positiva, quanto mais fluida a comunicação, melhor.

Frequentemente, primeiras impressões negativas envolvem dificuldades na candidatura, como a necessidade de baixar uma ferramenta específica, excesso de burocracia, testes irrelevantes para um determinado perfil e vaga, dentre outros. Praticidade, simplicidade e objetividade são muito bem-vindas!

Feedback

Não há nada mais desanimador do que gastar tempo preenchendo formulários para se candidatar a uma vaga de emprego e, em retorno, receber apenas silêncio. 

Como um recrutador, você deve assumir o compromisso com os prazos dos processos seletivos. Desta forma, cuide para que os protocolos de seleção sejam responsivos, evitando ao máximo atrasos e falta de respostas aos candidatos. Não subestime a importância do feedback!

Valorização do candidato

O feedback é uma via de mão dupla. Portanto, peça aos candidatos para compartilharem suas opiniões e sentimentos experimentados durante o processo de seleção. Assim, é possível monitorar o nível de satisfação dos candidatos, identificar os pontos fracos e aplicar eventuais melhorias. 

Ademais, essa abordagem faz com que todos os participantes do processo se sintam valorizados e ouvidos. Ter esse cuidado, pode ser um grande diferencial para contratação de um profissional talentoso e focado em sua carreira. 

Afinal, se a empresa valoriza a opinião do indivíduo antes mesmo da contratação, é um bom indicativo de que também valoriza seus colaboradores. E, como dissemos no início do artigo, o sucesso de uma estratégia de contratação começa aqui, com a melhor experiência do candidato possível!

*

Pronto, agora você sabe o que é experiência do candidato e quais são seus elementos essenciais. Proporcioná-la de forma otimizada aos seus futuros colaboradores não precisa ser complicado. Comece avaliando suas práticas atuais e procure identificar o que falta para oferecer uma experiência memorável aos candidatos!

Para ir ainda mais longe e aumentar a eficiência do seu recrutamento e seleção, pode ser interessante automatizar as operações do RH, adotando ferramentas tecnológicas. Dentre as soluções disponíveis no mercado, um ótimo exemplo é o sistema de rastreamento de candidatos, como o ATS da Talentbrand! 

Quer saber mais sobre as soluções que o ATS da Talentbrand pode oferecer à sua empresa? Agende hoje uma demonstração e conheça as funcionalidades que proporcionamos ao seu RH. Conheça nossos planos aqui!

Social

INSTAGRAM

LINKEDIN