Sem categoria

Home-Office X Inteligência Emocional

Saiba como o departamento de Recursos Humanos pode desenvolver a inteligência emocional do time e alcançar bons resultados no home office

Estamos vivendo tempos difíceis. Para os profissionais de Recursos Humanos, este momento requer um cuidado extra com a sua equipe, afinal, cenários macros, extremamente adversos, afetam o controle emocional de qualquer um. Dificultam a forma de lidar com emoções e a execução plena da rotina de trabalho. 

Por isso, uma das formas de manter sua equipe mentalmente sã e produtiva é trabalhar o desenvolvimento da inteligência emocional (IE) dos indivíduos. Mas, afinal, o que é isso? 

O conceito significa controle sobre as reações, sentimentos, impulsos e pensamentos ocasionados por uma situação, conteúdo, fala ou outro gatilho. Em resumo, inteligência emocional significa assimilar a realidade, manter-se no presente e lidar com os sentimentos. 

Gerenciar as situações da vida com IE impacta o desempenho de um colaborador por que: 

  • Diminui os níveis de estresse;
  • Controla a ansiedade
  • Reduz os conflitos;
  • Gera empatia;
  • Capacita a tomada de decisões organizacionais;
  • Otimiza o tempo e a produtividade.

Outro benefício é o aumento da autoconfiança. Depois desta lista, fica evidente que encorajar seus colaboradores a serem emocionalmente inteligentes é extremamente benéfico. Como fazer isso? 

Aqui neste post, você vai aprender como ajudar sua equipe a desenvolver inteligência emocional no ambiente de trabalho remoto. Vamos lá? 

Enfim, é possível desenvolver inteligência emocional em home-office?

A inteligência emocional é lidar de maneira racional com as emoções e dispor do equilíbrio necessário para manter-se produtivo e com qualidade de vida. É algo importante para toda a existência humana e, atualmente, uma condição extremamente necessária para lidar com o trabalho remoto e o isolamento social.

Ajustar-se à rotina de home office pode ser fácil para alguns, no entanto, extremamente difícil para outros. Enquanto uns adaptam-se rapidamente à nova modalidade de trabalho, outros sentem que esta nova realidade significa um verdadeiro obstáculo para uma relação saudável com o trabalho.

No entanto, é possível desenvolver a inteligência emocional para lidar com esse novo ambiente de trabalho e estimular seus colaboradores. Abaixo, seguem algumas dicas: 

  • Fique em contato próximo com os colaboradores;
  • Estimule-os a manterem-se conectados com rede de amigos e conhecidos;
  • Oriente sobre a importância de manter sua rotina;
  • Esteja disponível para lidar com desabafos de sentimentos e demandas internas.
  • Estimule a atividades saudáveis e os períodos de descanso.

Consegue visualizar a responsabilidade do setor de RH neste processo? Vamos falar mais sobre isso no próximo item.

Qual a responsabilidade do setor de RH?

Assim, uma das maneiras de ajudar no desenvolvimento da inteligência emocional é estar disponível, estimulando constantemente a pessoa a conectar-se com uma rede de amigos e conhecidos. Outra é mostrar-se aberto a ouvir desabafos, entender seus sentimentos e demandas internas.  

Isso comprova a responsabilidade do time de RH no contexto. Esse departamento possui papel muito importante na inteligência emocional da empresa, por isso, precisa estar comprometido em conhecer as pessoas.  

Para fazer isso é preciso estabelecer uma sintonia entre as emoções, sentimentos e as estratégias da empresa. O RH possui protagonismo neste planejamento e assume a responsabilidade de preparar um plano que contemple todos os setores e departamentos neste sentido. 

Este planejamento envolve formação, treinamentos coletivos e individuais, dinâmicas com a equipe e liderança de cada setor, além da implantação de canais de comunicação livres e efetivos. 

Desenvolver a inteligência emocional em ambiente corporativo não é uma tarefa fácil. Por isso, vale lembrar que para que o papel do RH seja cumprido, é importante que o time esteja interessado em desenvolver essa habilidade. 

Mas é possível, principalmente, se você for um profissional empático, comunicativo e gosta de interagir frequentemente com os demais colaboradores. 

Assim, será mais fácil ter a visibilidade sobre as necessidades de cada um e conseguir gerenciar, com inteligência emocional, o que estamos vivendo durante o trabalho remoto. 

O que acha de contratar os melhores profissionais para a sua empresa? Acrescente inteligência e inovação dos processos seletivos com softwares e ferramentas tecnológicas! Uma delas é a plataforma da Talentbrand.

 Entenda aqui como funciona!  🙂

Gabriel Faccioli

Recent Posts

Mentir no currículo: entenda os riscos

Você sabia que mentir no currículo configura um crime? Descubra neste texto os riscos que…

6 dias ago

Como atrair profissionais de alta performance na área de tecnologia

Descubra neste post como atrair profissionais de alta performance na área de tecnologia e monte…

2 semanas ago

Presença Feminina na Área de Tecnologia

As mulheres sempre foram minoria na área da tecnologia. Mas como isso tem se transformado…

3 semanas ago

Experiência do Cliente e RH: Entenda a Relação

Os Recursos Humanos consideram a Experiência do Cliente e estende aos colaboradores internos. Uma das…

4 semanas ago

Saiba como tornar seu RH mais digital

Descubra a importância e os benefícios do RH digital e veja como implantá-lo para revolucionar…

1 mês ago

Como a 4ª Revolução Industrial impacta no RH

O RH 4.0 é produto das transformações desencadeadas pela 4.ª Revolução Industrial. Descubra aqui quais…

1 mês ago