Para entender o fit cultural é necessário que se compreenda outro conceito, a cultura organizacional. Ambas as concepções vêm sendo utilizadas durante o processo seletivo de grandes empresas de diversos nichos diferentes.

Isso vem acontecendo porque, ao contrário de décadas anteriores, vivemos um momento de muita rotatividade de profissionais nas empresas, fator que não traz benefícios nem para o colaborador, que não consegue se estabilizar, se desenvolver e crescer, nem para a empresa, que investe muito dinheiro em treinamentos, capacitações e curva de aprendizado para, depois, ter que refazer o processo inúmeras vezes.

Por isso, as empresas vêm procurando candidatos que possuam fit com a cultura organizacional do negócio com a ideia de diminuir o turnover de suas contratações. O problema é que agora os candidatos têm mais um fator com o qual se preocupar durante o processo seletivo.

Sendo assim, para auxiliar nesta tarefa, neste artigo, vamos explicar um pouco melhor sobre a cultura organizacional, vamos falar sobre qual a vantagem do fit cultural sob o ponto de vista do candidato e, por fim, mostraremos como sair na frente neste processo.

 

Acompanhe!

 

O que é cultura organizacional?

A cultura organizacional de uma empresa pode ser considerada como uma espécie de diretriz que dita a rotina dentro do âmbito empresarial sob o ponto de vista comportamental.

Ou seja, os valores, os princípios, a política, o sistema e até mesmo os jargões e os hábitos dos colaboradores devem condizer com a cultura organizacional da empresa.

Por exemplo, para trabalhar em uma startup que não possui dress code, que conta com funcionários colaborativos e que não se prendem apenas às suas tarefas, onde o ambiente é leve e criativo, sugere que as contratações sigam este padrão de maneira a facilitar a ambientação de um novo colaborador.

 

Qual a importância do candidato ter fit cultural com a empresa?

Sob o ponto de vista do colaborador, trabalhar em uma empresa com a qual se identifique e possua um fit cultural é sinal de um ambiente mais motivador e agradável, ainda que longe de ser cômodo, já que ter fit cultural não significar ter menos desafios.

Desta forma, o colaborador tende a ficar mais focado em executar suas tarefas no dia a dia do que em escolher a roupa ideal, sem se preocupar com a sua linguagem ou até mesmo com os seus horários. O artigo “Trabalhar em startup: Você tem perfil?” exemplifica bem o que falamos aqui.

 

Como sair na frente no fit cultural?

Mediante tudo que falamos até aqui, foi possível compreender que existem muitos benefícios para uma contratação com fit cultural entre candidato e empresa, sendo assim, a dica mais importante que podemos dar para sair na frente é escolher empresas e empregos que se adequem à sua cultura.

É exatamente isso! Procure empregos em empresas que tenham uma cultura organizacional que seja parecida com o que você acredita e quer para a sua carreira, desta forma, é possível garantir relações comerciais mais duradouras, saudáveis e com grandes possibilidades de crescimento.

Sendo assim, para encontrar um cargo em uma empresa com uma cultura organizacional semelhante à sua, fale conosco. Nós podemos te conectar com a empresa que tenha o melhor fit cultural com você.

Tags:

Related Article