Equipamentos inadequados comprometem a produtividade e o bem-estar dos colaboradores. Descubra aqui como seu RH pode contribuir para que o trabalho remoto seja mais confortável e agradável!

A pandemia da COVID-19 quebrou diversos paradigmas relacionados a nossa forma de trabalhar. Assim, as empresas em todo mundo foram compelidas a se adaptarem à realidade do trabalho remoto. Com essa mudança, percebeu-se que trabalhar no escritório não significa, necessariamente, maior produtividade.

Por meio dessa percepção, concluiu-se que, com as ferramentas e o suporte corretos, os colaboradores podem trabalhar em qualquer lugar. Assim, algumas organizações já consideram a manutenção do home-office ou do formato híbrido de trabalho, mesmo após a situação sanitária voltar à normalidade.

Junto a essa possibilidade, surgem novas preocupações, envolvendo, sobretudo, a área de gestão dos recursos humanos. A origem dessas questões reside na responsabilidade do RH em garantir a qualidade de vida dos colaboradores no exercício de suas funções, dentro e fora da empresa.

Pesquisas indicam que equipamentos inadequados ou com defeitos interferem diretamente na produtividade e qualidade do trabalho. Além disso, problemas associados a dificuldades técnicas, geram insatisfação, contribuindo para maiores taxas de absenteísmo e rotatividade.

Portanto, é importante que você, profissional de RH, se pergunte quais condições e equipamentos devem ser fornecidos para que o trabalho remoto seja bem executado. Neste texto, trouxemos pontos essenciais para te ajudar nesta reflexão. Vamos lá?

Benefícios que devem ser oferecidos no home-office

Um problema muito comum, que afeta o bem-estar e a produtividade dos colaboradores no ambiente de trabalho, é a inexistência de equipamentos adequados para execução das tarefas. As más condições de trabalho resultam em estresse e desmotivação, retardando o progresso da organização.

Isso também vale para o trabalho remoto. Portanto, garantir ferramentas e tecnologias adequadas deve ser uma prioridade dos gestores e do RH. A seguir, levantamos alguns benefícios que devem ser oferecidos aos colaboradores em home-office. Confira!

Bom computador e periféricos

Nada mais frustrante e desanimador do que um computador que não performa como (e quando) você precisa. Fornecer um bom computador e softwares atualizados é fundamental, tanto para a produtividade quanto para a experiência do colaborador.

Ademais, não subestime o impacto que periféricos de qualidade têm na rotina de trabalho. Mouses funcionais, teclados confortáveis para digitação, fones/microfones para realizar videoconferências facilitam muito as atividades diárias. 

Internet rápida

Esta é, provavelmente, a única condição que dispensa justificativas, em especial, na atual pandemia da COVID-19 –  quando tudo está online. Cada empresa na era digital é totalmente dependente da conectividade. 

Uma internet lenta prejudica a qualidade de videoconferências, comprometendo reuniões e, até mesmo, negociações importantes. Portanto, oferecer este  benefício deve ser a prioridade absoluta do RH.

Mesas e cadeiras adequadas

O ambiente físico no trabalho desempenha um papel vital na produtividade dos colaboradores. Afinal, uma jornada de trabalho com dores nas costas por causa de uma cadeira ruim é muito desestimulador. Assim, a gestão deve ter um papel ativo na definição do ambiente físico no qual os profissionais realizam suas tarefas diárias.

Evidentemente, trabalhar na mesa em que se faz refeições, além de impróprio, contribui para a má execução das tarefas e obrigações. Caso o colaborador não tenha móveis adequados ao trabalho, a empresa deve fornecer um auxílio para a aquisição ou autorizar o empréstimo do material próprio.

A mesa com altura ideal e uma cadeira ergonômica já representam um grande avanço na garantia do conforto e bem-estar do colaborador, além de contribuírem para evitar doenças associadas ao trabalho.

*

Portanto, fornecer condições e equipamentos apropriados para que o trabalho remoto seja bem-sucedido, pode ser decisivo para propiciar uma boa experiência ao colaborador e a manutenção de seu nível de produtividade. 

E então, sua empresa está considerando manter o trabalho remoto após o período de isolamento social? Seu RH está oferecendo suporte necessário àqueles que estão trabalhando a partir de suas casas ou em regime híbrido? Existe um planejamento para adequações no longo prazo? 

Todas essas questões valem uma boa reflexão, não é? Mas há outro ponto que merece atenção: o bem-estar e a produtividade da sua equipe de RH! 

A gestão de pessoas realizada remotamente pode ser muito beneficiada com a adoção de ferramentas tecnológicas que otimizem as operações, como ATS da Talentbrand! Este software possui interface amigável e intuitiva, acrescentando inteligência e inovação nos processos de recrutamento e seleção.

Que tal começar hoje mesmo a transformar seu departamento?! Experimente os benefícios do ATS da Talentbrand! Agende uma demonstração e conheça melhor as funcionalidades essenciais que garantimos ao seu RH! Saiba mais aqui.

Social

INSTAGRAM

LINKEDIN