Conseguiu uma entrevista de emprego na empresa dos sonhos? Confira esse checklist de preparação para não deixar a oportunidade escapar!

Se você conseguiu uma entrevista de emprego, primeiramente, parabéns! Muitas pessoas são eliminadas antes mesmo de chegar nessa etapa.

Isso acontece porque a entrevista é um processo trabalhoso e caro para a empresa. É preciso dispender muito tempo da equipe de recrutamento e seleção e de representantes de outras áreas da empresa nessa etapa para que ela resulte em uma contratação verdadeiramente efetiva. Por isso, apenas as pessoas que realmente chamam a atenção da empresa seguem para esta fase.

Muitas vezes, a entrevista é o primeiro contato pessoal que o candidato tem com a empresa. Preencher as habilidades técnicas é metade do trabalho – a outra metade é provar para a empresa que você possui as competências necessárias para transformar os conhecimentos que você mostrou em etapas anteriores, como no currículo ou em provas técnicas, em um bom desempenho na vaga para qual você está concorrendo.

Além disso, de acordo com uma pesquisa divulgada pelo site americano CareerBuilder, 47% dos selecionadores definem nos primeiros cinco minutos de uma entrevista se o candidato é adequado para fazer parte da empresa.

Ficou nervoso? Não se preocupe, todos os candidatos ficam. Se pesquisarmos no Google “entrevista de emprego”, vamos achar no final da página pesquisas relacionadas como estas:

 

Entrevista de emprego

 

É um exemplo trivial, mas que serve para confirmar que nenhum candidato está livre de incertezas quando chega na etapa mais subjetiva do processo de seleção. Por isso é tão comum ouvir de candidatos que acabaram de passar por uma entrevista de emprego que saíram dela sem saber se realmente tinham ido bem na etapa.

Pensando nas inseguranças que os candidatos têm antes de fazer a entrevista, e na incerteza de como foi seu desempenho após a etapa, nós da TalentBrand preparamos um checklist para entrevistas de sucesso.

A nossa checklist apresenta os quatro quadrantes mais importantes a se considerar quando você estiver no processo de preparação para a entrevista: aprender sobre você, aprender sobre a empresa, desenvolver suas soft skills e aperfeiçoar suas hard skills.

 

 

1. Aprender sobre você

Conhecer-se é imprescindível. Saber falar sobre si mesmo de forma coerente fará com que os empregadores confiem mais em você. Para isso, você precisa conhecer bem sua personalidade e saiba falar de forma objetiva e clara sobre suas experiências profissionais.

Também é muito comum os entrevistadores pedirem exemplos de ocasiões de sucesso e fracasso seus, e quais foram seus resultados e seus aprendizados nestas situações. Esteja preparado para falar sobre isso de forma sincera e que melhor mostre sua personalidade. Por exemplo, ao falar de situações de sucesso, foque em métricas , se for possível – isso deixará mais palpável para o entrevistador que você é capaz de alcançar bons resultados.

 

2. Aprender sobre a empresa

Outro ponto muito valorizado nas entrevistas é o quanto você sabe sobre a empresa. E isso não se limita apenas a saber o que a empresa vende: Tente conhecer o máximo possível sobre o mercado, os segmentos de clientes, o modo de trabalho e a cultura da empresa.

Aprofunde-se também nas tarefas e responsabilidades atribuídas ao cargo para o qual você está concorrendo, sabendo relacioná-las com suas habilidades.

Saber abordar todo este estudo na hora da entrevista resulta em algo que é essencial para o entrevistador: Saber que você está realmente interessado na empresa.

Além disso, estudar a empresa ajuda muito na hora de responder a famosa pergunta “Tem algo que você queira perguntar?” que geralmente vem no final da entrevista. Saber fazer uma pergunta inteligente e relevante mostra ao entrevistador o quanto você valoriza a oportunidade de estar ali.

 

3. Desenvolver suas soft skills

Suas soft skills são suas habilidades comportamentais, que são as mais difíceis de avaliar, mas que são muito relevantes na entrevista.

No nosso material temos, por exemplo, indicações de conteúdos sobre tendências comportamentais que lideram o mercado digital e microbooks sobre motivação que vão te dar uma noção do mindset que as empresas geralmente procuram que bons candidatos à vaga em aberto tenham.

 

4. Aperfeiçoar suas hard skills

Suas hard skills são as habilidades técnicas que vão garantir que você faça um bom trabalho. São mais fáceis de avaliar e provavelmente já foram observadas em etapas anteriores, mas é muito relevante retomá-las na entrevista.

Como TalentBrand é uma plataforma que conecta talentos das áreas de vendas, marketing e sucesso do cliente, de forma gratuita, com empresas que procuram candidatos na área, o nosso checklist possui conteúdos para aperfeiçoar suas hardskills nestas áreas. No entanto, independente da área para qual você é candidato, é importante mapear conteúdos que você precisa reforçar e estudá-los antes da entrevista.

Manter suas hard skills em dia mostrará para a empresa, no dia da entrevista, que você tem propriedade no que fala.

 

Coerência e consistência: chaves para o sucesso

Em resumo, conhecer a si mesmo, conhecer a empresa, desenvolver suas soft skills e aperfeiçoar suas hard skills terão três efeitos que farão a diferença

 

  • Você se sentirá mais confiante ao falar com o entrevistador, e, consequentemente…
  • … suas respostas serão mais claras e objetivas, fazendo com que o entrevistador sinta mais propriedade na sua fala, o que vai fazer com que você…
  • … tenha mais certeza do seu desempenho ao fim da entrevista

 

Está pronto para botar a checklist em prática? Clique para fazer download e comece a se preparar agora!

Se você gostou das dicas, tenha alguma sugestão ou dúvida, converse com a gente pela nossa página do Facebook e nosso Twitter.