/ Para candidatos

Como ser um bom vendedor interno e vender mais?

Saber como ser um bom vendedor interno está diretamente ligado a mudança de comportamento do consumidor, que gera também, uma necessária mudança no processo de vendas como um todo.

Acompanhando essas mudanças, surgem novas carreiras e a de vendedor interno é uma delas. Além disso, o setor comercial das empresas passou a atuar em ligação direta com o marketing, fazendo com que a captação e a conversão dos clientes seja mais efetiva e rentável para estes profissionais.

Sendo assim, podemos dizer, por exemplo, que o vendedor interno surgiu para acompanhar o comportamento dos clientes e, também, para que a empresa tenha um CAC (Custo de Aquisição por Cliente) menor.

Com essas premissas em mente, vamos falar sobre a profissão “vendedor interno” e sobre como esse profissional pode fazer para vender mais.

Vendedor interno: o que é?

O vendedor interno, que também pode ser conhecido como Inside Sales, tem como função vender, mas de uma forma completamente diferente do vendedor externo ou do tradicional (daqueles que encontramos em lojas).

Enquanto o vendedor externo está nas ruas e o tradicional depende do deslocamento do próprio cliente, o vendedor interno alcança seus cliente através de contatos remotos, que podem ser realizados por telefone ou videoconferência.

Além disso, conforme falamos, o vendedor interno e o marketing andam lado a lado e, sendo assim, o processo de vendas passa a ser mais efetivo já que provém dos esforços consultivos do marketing em chamar a atenção e aguçar a curiosidade dos clientes ao ponto deles mesmos pedirem um contato. Um detalhe crucial que faz com que um vendedor interno se destaque é que ele não empurra o produto para os clientes...ele vende para quem realmente precisa ou quer o produto.

Como ser um bom vendedor interno e vender mais em 7 passos

Entendidas as diferenças entre os tipos de vendedores, veja em 7 passos como ser um bom vendedor interno e vender mais:

Seja rápido

Entre em contato logo que o possível cliente solicitar. Isso mostra ao cliente que você está atento e disposto à respondê-lo. A rapidez também tende a aproveitar o momento em que o possível cliente está mais propenso à compra;

Seja informado

Colha informações junto ao marketing e ao entrar em contato saiba as informações consumidas pelo cliente para que o cliente não tenha que repetir suas necessidades;

Seja educado

A base de qualquer vendedor deve ser a educação. Para isso não basta dar um “bom dia”...não interrompa o cliente e mostre interesse em sua história;

Seja empático

Ligado ao item anterior, podemos dizer que a empatia vende. Isso porque o vendedor se coloca no lugar do cliente, identifica suas dores e oferece soluções. Não esquecer dados oferecidos pelo cliente também demonstram empatia;

Seja persistente

Os vendedores recebem muito “não” na sua carreira, por isso, seja persistente. Só tenha cuidado para não ser mal educado!

Seja organizado

Para saber os dados dos clientes, suas histórias, solicitações e até para marcar reuniões é necessária a organização. Isso impede que os clientes se sintam menos importantes por esquecimentos como o famoso “me liga depois das 17h” por exemplo;

Se você quer saber como ser um bom vendedor interno continue acompanhando nossos conteúdos. E se você busca uma vaga nesta área, inscreva-se gratuitamente em nossa plataforma...uma série de vagas na área surgem periodicamente.

Como ser um bom vendedor interno e vender mais?
Share this
Vagas em Marketing e Vendas - we're hiring!