/ Para recrutadores

7 pontos que você deveria incluir no budget de recrutamento de marketing e vendas

A área de pessoas tem a função de contratar, treinar, realizar a remuneração de funcionários, tratar da formação sobre segurança e higiene no trabalho e cuidar da comunicação interna de uma empresa. Gerir todas essas funções não é tarefa fácil. Ao falarmos da parte de recrutamento e colocarmos na ponta da caneta os gastos envolvidos, em especial do recrutamento em marketing, a empreitada se torna ainda mais complicada.

Para deixar as coisas mais difíceis do que já são, existe uma série de outras variáveis e imprevistos que fazem o valor final ser bem maior do que o inicialmente previsto. E sem um plano sólido para aproveitar o seu budget ao máximo, vai ser uma tarefa difícil chegar a qualquer lugar, talvez com sorte. Mas não se pode contar com a sorte sempre. Sabendo disso, montamos uma lista decomo criar um budget de recrutamento que funcione, e o que ele precisa para dar certo. Acompanhe conosco!

1. Divulgue a vaga

Nesse primeiro momento é importante fazer com que o anúncio da vaga chegue aos profissionais. A forma de fazer isso é informar ao mercado de trabalho a existência da oportunidade. Sites de emprego, agências de recrutamento, redes sociais de networking (como o Linkedin), até mesmo o Facebook. É interessante reservar determinada quantia do seu orçamento disponível para colocar o seu anúncio em evidência e com isso receber mais respostas de interessados no cargo.

2. Automatize os processos manuais

A automação de processos na área de recrutamento e seleção pode poupar um tempo precioso para o recrutador. A utilização de um software que reúna as atividades da área, envie e-mails em massa, elimine planilhas, etc., existe uma série de funções que existe a possibilidade de transferir para formas automatizadas. Este é um investimento que a médio e longo prazo irá reduzir os custos do RH.

3. Ajuste de salário das novas contratações

Uma boa oportunidade para recalcular o budget do RH é avaliar se os salários que a sua empresa oferece estão de acordo com os valores de mercado atuais. Com essa análise é possível identificar se existe a possibilidade de reduzir alguma coisa dos salários oferecidos, ao mesmo tempo em que a competitividade de recrutamento dos profissionais permanece, e será possível notar uma grande economia.

4. Revise os benefícios oferecidos

É função do RH realizar a remuneração de colaboradores e, mais que isso, que ele faça a revisão de benefícios que são oferecidos aos funcionários, quer eles sejam antigos, quer eles sejam recém contratados. Vivemos em uma época cuja redução de custos é necessária e é possível chegar a soluções que não prejudiquem os funcionários. Trocar fornecedores, negociar valores e ajustar benefícios são possibilidades bem-vindas que farão uma grande diferença no seu budget final.

5. Cuidado com os gastos com treinamento de novos funcionários

“Quanto mais você sua no treinamento, menos sangra no campo de batalha.” Essa frase, atribuída a George Smith Patton (1885 – 1945), oficial militar que liderou forças norte-americanas durante a Segunda Guerra Mundial, resume muita coisa. Um funcionário bem treinado significa a economia de custos a médio/longo prazo. E a redução de futuras dores de cabeça. Para ter clientes é fundamental possuir um time qualificado. Reduzir faturamento referente a treinamento não é uma atitude sensata a tomar. Sem contar o fato que ter colaboradores bem treinados e com alto nível de conhecimento aumenta a produtividade que, consequentemente, impulsiona a lucratividade da empresa.

6. Reduza a rotatividade dos funcionários, contratando melhor

Contratação e treinamento de profissionais são fatores responsáveis por diminuir em muito os recursos que a empresa dispõe, pois há um grande investimento no momento da admissão. A fase de integração do funcionário é um período delicado e é importante passar a ele todas as informações e orientações que forem necessárias, inclusive por escrito. É sábio também realizar investimentos em estratégias que melhorem a contratação de novos colaboradores, a fim de reduzir a rotatividade.

7. Conte sempre com despesas inesperadas

Sempre espere pelo inesperado. Nem mesmo o budget mais redondo vai te prevenir dos imprevistos. Sempre vai haver um item individual que precisará ser contabilizado ou ocorrer uma particularidade, e é necessário contar com isso. Seja uma atualização nos valores dos anúncios de vagas ou alguma outra questão, é importante não subestimar a quantidade de verba disponível para a sua estratégia de recrutamento em vendas. Reduza o impacto dessas despesas não planejadas com um orçamento inteligente.

Como sabiamente disse Winston Churchill (1874 – 1965): “aqueles que falham ao planejar, acabam planejando a própria falha”. Com um budget inteligente você chegará longe e será capaz de aumentar seus ganhos de forma surpreendente, especialmente quando falamos em recrutamento em marketing.

Caso tenha dúvida de como calcular o salário de seu funcionário, nós temos um material gratuito incrível para te ajudar

Se deseja compartilhar alguma ideia ou experiência com a gente, entre em contato conosco!