/ Para recrutadores

5 Livros Imprescindíveis Para o RH Estratégico

Que conhecimento é poder não há a menor dúvida. O que devemos nos perguntar é se estamos fazendo bom uso do conhecimento que temos ou apenas jogando o que aprendemos no “armário da mente” esperando um momento apropriado em que tal informação possa ser de alguma serventia. Essa não é uma boa tática, especialmente no mundo dos negócios. É preciso estar preparado e ter uma estratégia bem definida de antemão (muitas vezes mais de uma).

Como você sabe, a área de gestão de pessoas de uma empresa é uma das mais importantes e também uma das que mais sofre com a transformação do tempo. Por isso, é importante saber como detectar tendências, analisar comportamentos e trazer resultados na hora de gerir seu time e se destacar. E é para que você saiba como se preparar e montar táticas e estratégias que sejam efetivas que montamos uma lista com **5 livros indispensáveis para o RH estratégico **(e um bônus). Confira:

1.Como dizer? – A arte de dar e receber feedback, de Eliana Pita (Editora QualityMark, 2013)

Neste livro, escrito por Eliana Pita,discute-se a importância do feedback. Segundo a autora, a estratégia é fundamental para o andamento de todos os setores de uma empresa e para a gestão de pessoas e competências. Além disso, ela traz em seu texto uma série de dicas de como realizar feedbacks construtivos, de forma a apontar (e corrigir) falhas e deficiências e aprimorar o setor de RH.

2.Como fazer amigos e influenciar pessoas, de Dale Carnegie (Editora Companhia Nacional, 2003)

Publicado pela primeira vez em meados da década de 30, o livro escrito por Dale Carnegie provou-se atemporal, sendo que ainda hoje suas dicas são válidas e atuais. Carnegie, precursor da linha de “dicas comportamentais” criou com esse livro a base de muitos outros vindouros – como, por exemplo, O monge e o executivo. James C. Hunter, aliás, não disse nada com o seu monge e executivo que Dale Carnegie já não tivesse dito de forma mais completa e aprofundada.Sua obra também revela como o cultivo de bons relacionamentos no meio corporativo é determinante para uma gestão estratégica de pessoas de sucesso, possibilitando a prosperidade de uma empresa no mercado.

3.Scrum: A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo, de Jeff Sutherland (Editora Leya, 2014)

Scrum é uma metodologia de gerenciamento que foi criada por acaso em montadoras de automóveis que ganhou maior amplitude quando seus criadores viram que ele tinha diversos outros usos positivos além da tecnologia. O método Scrum é um otimizador de tempo e auxilia na organização tanto de projetos quanto de equipes, e seu efeito colateral é o de melhorar a produtividade da empresa como um todo. Ao ler esse livro você entrará em contato com vários cases de sucesso e verá que o método pode ser transposto para qualquer área de uma empresa, inclusive o RH.

4.Bom chefe, mau chefe, de Robert Sutton (Editora Bookman, 2011)

Escrito pelo premiado professor de Administração de Stanford Robert Sutton, Bom chefe, mau chefe nos mostra como se tornar um líder inspirador e manter seu time do seu lado, mesmo nos momentos mais delicados (o título é um trocadilho com a expressão “good cop, bad cop”, policial bom e policial mau). Ele também nos mostra o que não fazer com exemplos didáticos, tudo isso numa linguagem leve e divertida. As lições aprendidas aqui podem ser traspostas facilmente para o setor de RH de uma empresa.

5.Inteligência Emocional, de Daniel Goleman (Editora Objetiva, 2001)

“Qualquer um pode zangar-se – isso é fácil. Mas zangar-se com a pessoa certa, na medida certa, na hora certa, pelo motivo certo e da maneira certa – não é fácil” (Aristóteles). Apesar do título clichê de autoajuda, este é um livro que possui um embasamento científico enorme para firmar seu discurso (o autor se baseia em várias pesquisas – várias mesmo). Além disso, ele utiliza exemplos do cotidiano para mostrar como o controle das emoções é um fator chave para o desenvolvimento da inteligência de um indivíduo, e como a falta desse controle pode ser prejudicial na vida de uma pessoa, chegando a abalar carreiras com grande potencial.

BÔNUS: Criatividade S/A, de Ed Catmull (Editora Rocco, 2014).

Se por um lado a Pixar tem muitas lições a nos ensinar em seus filmes, a trajetória da companhia não fica atrás. Escrito pelo cofundador da empresa (que foi criada junto de Steve Jobs), o livro conta com detalhes como se pode construir uma cultura de criatividade num ambiente corporativo, que nem sempre dá abertura a isso, e como essa cultura pode ajudar uma empresa a se tornar bem sucedida. E essa abordagem pode ser facilmente adaptada a um setor de RH estratégico.

Você já leu ou conhecia algum desses livros de RH estratégico? Tem outra sugestão que esquecemos de mencionar? Deixe seu comentário abaixo. Adoraremos descobrir sua opinião sobre o tema!

Heitor Dragoi

Heitor Dragoi

Head de Marketing & Growth Hacker na TalentBrand. 🚀🦄 Startup de recrutamento e seleção para os melhores talentos na área de marketing, vendas e customer success (Sucesso do Cliente).

Read More